Piemonte


Encontre bilhetes
<->

Resumo

Piemonte é uma linda região do Noroeste da Itália, no pé dos Alpes compartilhando suas fronteiras com a França e a Suíça. Conta com cidades ricas em arte e cultura como Turim, capital do Piemonte; residências reais, como o Reale Venaria, um tesouro único reconhecido como Patrimônio Mundial pela UNESCO; montanhas inesquecíveis com 2 mil km de pistas de esqui que se transformam em pistas de trekking no verão, parques nacionais, jardins e lagos, como o Lago Maggiore, para se sentir rodeado pela natureza; herança de tradições alimentícias do mundo, entre os quais a Trufa Branca de Alba, os saborosíssimos vinhos - Barolo, Barbaresco, Barbera, Asti Spumante.

Isto é o Piemonte – Descubra-o, viva-o e prove-o!

Cuneo > Racconigi Racconigi > Turim Turim > Vercelli > Novara Novara > Lake Maggiore (Stresa)


Cuneo > Racconigi

Facilmente acessível com o Trem des Merveilles, saindo da cidade francesa de Nice (viagem de 2h47), Cuneo, uma cidade rodeada por um imponente panorama alpino, merece uma visita cuidadosa, para desfrutar suas cores e fragrâncias. Seu nome Cuneo vem do planalto em forma de cunha, onde está localizado, na confluência entre o riacho Gesso e o rio Stura. Fundada em 1198, em uma localização militar estratégica, foi assediada várias vezes ao longo dos séculos.

O itinerário básico começa pela ampla praça chamada Piazza Galimberti, coração da cidade e local do conhecido mercado de Terça-feira, que se estende até a Via Roma, principal rua da cidade velha, com suas arcadas medievais. Bem ao lado da praça fica a Catedral, a antiga igreja de Santa Maria del Bosco, que remonta aos tempos da fundação da cidade. Ao andar pela Via Roma, visite a igreja de Santa Maria e a Igreja de Santo Ambrósio, jóias do estilo barroco. Entre as construções civis que merecem uma visita, estão a Câmara Municipal, a Torre Civic, o Vescovado (Palácio do Bispo), Palazzo Lovera, Palazzo d’Andonno e Palazzo S. Giovanni, a antiga Igreja da Fraternidade.

A antiga igreja e mosteiro de San Francesco brilha na Piazza Virginio. Foi completamente restaurado em 2011 e abriga os acervos históricos e etnográficos do Museu Cívico. A igreja é um exemplo único do estilo gótico piemontês e hoje recebe eventos culturais.

Um dos lugares mais atraentes em Cuneo é a Contrada Mondovì - o antigo bairro dos judeus - um lindo passeio entre os cidadãos e turistas que andam admirando o pequeno palácio tradicionalmente considerado a primeira Câmara Municipal, assim como a sinagoga e a bela igreja de S. Sebastião, fundada em 1320. Não deixe de observar as casas com arcos, as várias lojas de moda, oficinas de artesanato e o mercado de pulgas sazonal. Uma caminhada pelos bairros modernos de Cuneo leva o visitante ao passeio verde da cidade, chamado Viale degli Angeli.

Na parte da tarde, pegue um trem para Racconigi (44 minutos de viagem) para ver o Castelo Real em Racconigi, uma elegante residência de verão da família Sabóia. Foi originalmente uma fortaleza, e depois tornou-se uma residência de caça. É possível visitar o primeiro andar e o andar superior residencial, suas grandes cozinhas e a capela real. Não se esqueça de visitar o maravilhoso parque, com suas estufas e o neo-gótico Margherie Reali, exemplos típicos dos gostos do século XIX. Passe a noite em Racconigi.

Nossa dica: Não perca a oportunidade de saborear o saboroso chocolate e bombons de rum chamados Cuneesi (que também foram muito apreciados por Ernest Hemingway, quando esteve em Cuneo, em 1954), o salame Cuneo, todos os produtos DOP (denominação de origem protegida) queijos piemonteses, cremes de castanha, marron glacê, bolos de castanha e as trutas defumadas.

www.cuneoholiday.com

Racconigi > Turim

Pegue o trem de manhã de Racconigi para Torino (28 minutos viagem), a primeira capital da Itália. Torino é conhecida como uma das cidades mais bonitas da Europa, com as suas maravilhosas Residências Reais – Declaradas Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, seus museus ricos em arte e história, e seu pano de fundo de picos de montanha nevados.

Faça uma visita guiada da cidade a partir da bela Piazza Castello - o coração de Turim, onde você poderá admirar o Palazzo Reale, com a famosa Galleria Sabauda, o Palazzo Madama, a Biblioteca Real e o Depósito de Armas, o Teatro Regio e a Igreja de San Lorenzo . Passando pelos pórticos da Via Pó, você vai chegar ao Mole Antonelliana, o símbolo da cidade, que hospeda o Museu Nacional de Cinema, considerado um dos mais importantes museus do mundo pelo seu rico patrimônio.

Como Turim é a capital do chocolate e o lugar onde esse alimento dos deuses foi fabricado pela primeira vez de forma sólida, você não pode deixar de provar os chocolates da cidade. Passando pelas ruas elegantes e praças, como a Piazza San Carlo, você vai ver algumas das mais elegantes construções barrocas da Itália, como o Palazzo Carignano e a Accademia delle Scienze.

Se você quiser ver um dos maiores palácios reais do mundo, pegue um ônibus para Venaria Reale e visite a bela Reggia di Venaria Reale, incluindo o complexo do Palácio Real e seus espetaculares jardins, fielmente restaurado com seu esplendor do passado.

No segundo dia, faça a visita guiada a partir da área Roman até a pitoresca e colorida Porta Palazzo, o maior mercado ao ar livre na Europa. A poucos passos de lá, está a Piazza della Consolata com sua Basílica de La Consolata e o menor café histórico no mundo. Continue até o Al Bicerin, para degustar a bebida típica local, o Bicerin. No caminho de volta para a Piazza Castello você não pode perder a Catedral de San Giovanni Battista, onde está o Santo Sudário. Faça uma visita ao Museu Egípcio, um dos dois museus do mundo inteiramente dedicado à arte e cultura egípcia.

Visite o Parco del Valentino, o belo parque público, com a vila medieval e o Castello del Valentino. Perto do Parco del Valentino, embarque em um dos barcos, Valentino II ou Valentina II, dedicado aos cruzeiros no rio Po para e chegue ao Museu Nacional do Automóvel, que possui uma das coleções mais raras e interessantes do seu gênero, com cerca de 200 modelos originais de 80 construtores diferentes, desde 1769 até os protótipos mais recentes.

Vá para a área de Lingotto, onde você encontrará a fábrica da Fiat, que possui uma loja-galeria, cinema multiplex e a Pinacoteca Giovanni e galeria de arte Marella Agnelli. No final visite Eataly, um megastore dedicado à Enogastronomia e o Museu Carpano, para descobrir a fórmula do Vermouth, o vinho branco temperado, inventado em Turim por Benedetto Carpano.

Nossa dica: Compre o cartão Torino+Piemonte para ganhar entrada grátis em mais de 180 museus da região do Piemonte. Faça a excursão embarque e desembarque livre dos pontos turísticos da cidade para curtir a maior quantidade possível de atrações.

www.turismotorino.org

Turim > Vercelli > Novara

Depois de uma viagem de 46 minutos de trem saindo de Torino, você chega a Vercelli. Rica em história, arte e cultura, Vercelli oferece uma experiência surpreendente e fascinante.

O centro histórico é caracterizado por uma incrível concentração de obras extraordinárias. Seus três museus são incríveis: o Borgogna, a segunda galeria de arte mais importante do Piemonte, a Leone, com seus importantes achados históricos e arqueológicos e o Museu do Tesouro do Duomo, que guarda objetos preciosos e sagrados.

Suas igrejas também são preciosas e antigas, entre os quais está a Basílica de Sant’ Andrea, um raro exemplo de fusão dos estilos românico e gótico. O Duomo, com prataria majestosa e um crucifixo de madeira banhado a ouro. De particular relevo está a Igreja de San Cristoforo, com afrescos internos valiosos criados por Gaudenzio Ferrari. E depois de sua visita, compre um bom almoço em um restaurante típico, onde você pode saborear pratos tradicionais, como a panissa, o mais típico risoto de Vercelli. O arroz com o qual é feito o risotto vem da região de campos de arroz.

Depois do almoço chegue a Novara (12 minutos de viagem), para admirar a Basílica de San Gaudenzio, com sua cúpula, a Catedral e o Batistério antigo, o pátio medieval de Broletto com a Galeria de Arte Moderna Giannoni. Não se esqueça de provar os biscoitos típicos da cidade, na doceria Camporelli.

www.atlvalsesiavercelli.it | www.turismonovara.it

Novara > Lake Maggiore (Stresa)

No último dia, pegue o trem para Stresa (1h13 de viagem). É uma cidade de cerca de 5.000 habitantes, às margens do Lago Maggiore, no norte da Itália. Como os outros lugares no Lago Maggiore está rodeada por uma vista espetacular, assim como áreas de interesse histórico e arquitetônico.

A região de Stresa está dividida em quatro partes: a parte costeira, com as Ilhas Borromeo; a parte montanhosa, que inclui a popular estância de esqui de Mottarone; as pastagens abaixo no lado leste das montanhas e o Jardim Botânico Alpinia.

Passe o dia explorando as belas ilhas no coração do Lago Maggiore. As conexões entre Stresa e as ilhas estão garantidas por um serviço privado de barco público.

Isola Bella possui um monumental palácio barroco e lindos jardins cênicos, que tornaram a ilha famosa ilha e testemunham o esplendor de uma era. Isola Madre, a maior das Ilhas Borromeo, deixa o visitante com um sentimento de extrema elegância, graças ao cuidado e atenção dos jardins e do interior do palácio. Isola Pescatori, por sua vez, oferece uma bela combinação de ruas pitorescas alinhadas com as típicas casas brancas e leva o nome da ocupação secular tradicional de seus habitantes.

Nossa dica: Se você tiver tempo para uma caminhada, recomendamos uma visita ao parque de Villa Pallavicino e um passeio de teleférico para descobrir do Jardim Botânico Alpinia (parada intermediária) ou até o topo da Mottarone, de onde você pode admirar o espetacular panorama espetacular de sete lagos , o vale do Po e o cume do Monte Rosa.

www.distrettolaghi.it | www.lagomaggiore.it

Cidades destacadas na Piemonte